Funil de Marketing Digital: A base da divulgação na internet

 

Queres aprender a gerar tráfego para o site presencialmente?
Workshop prático com o objetivo de aumentar as visitas no site, divulgar a empresa no google e conquistar novas oportunidades de negócio na Internet. Sabe mais grátis!
Workshops de Marketing Digital sobre SEO, Adwords, Marketing de Conteúdo, Social Media, Video Marketing, Growth Hacking!

Quem tem um site ou blog com o objetivo de ganhar dinheiro online, só quer uma coisa:

Conquistar o máximo de visibilidade na Internet.

E para ganhar mais visitas no site, porque não fazer um investimento em marketing digital?

Mas entre SEO, PPC, marketing nas redes sociais ou a divulgação de vídeos no youtube, deve estar a perguntar-se qual é a melhor estratégia de marketing digital?

Pois bem, comece por criar um funil de marketing digital.

E porquê?

Simplesmente porque um “funil de vendas online” é a base do marketing digital e pode ser a diferença entre conseguir gerar tráfego qualificado para o site e consequentemente, atrair clientes na Internet, ou não.

Se não acredita, veja como a otimização da primeira etapa do funil de marketing digital ajudou a gerar mais de 140 mil pageviews num ano.

criar-funil-de-marketing-digital-para-gerar-trafego-para-site.jpg

No entanto mais tráfego para o site não significa necessariamente, uma maior taxa de conversão e mais vendas pela Internet.

A loja virtual de roupa feminina “FashionValet” que o diga, já que precisou de reformular o funil de marketing digital por inteiro para aumentar a venda de produtos pela Internet em 41.1%.

criar-funil-de-marketing-digital-para-atrair-clientes.jpg

Apesar destes dois exemplos mostrarem a importância do funil de vendas online para o sucesso de uma estratégia de marketing digital, deve estar a perguntar-se:

Mas afinal o que é um funil de vendas?

Vamos lá então, à definição.

O que é um funil de marketing digital

Um funil de marketing digital não é mais do que o funil de vendas tradicional adaptado ao mundo online.

E como tal, deve representar o mapa da jornada do consumidor desde o momento em que este entra no site até ao momento em que converte.

No fundo, o funil de marketing digital existe para tornar o processo de conversão o mais simples e fácil possível para o visitante online.

Em termos práticos, pense no momento em que leva o carro à oficina para mudar o óleo.

analogia-de-funil-de-marketing-digital.jpg

Porque razão o mecânico utiliza um funil?

Exato, para evitar o derrame de óleo no motor.

O mesmo se passa com o funil de marketing digital, cujo objetivo é minimizar a perda de visitantes online ao longo do processo de conversão.

Apesar de existirem várias versões do funil de marketing digital, o funil de vendas básico tem quatro etapas principais.

 

#1 Notoriedade

O objetivo principal da primeira etapa do processo de vendas é levar uma marca a ser reconhecida e lembrada pelos internautas que estão a navegar na Internet.

No fundo, podemos equiparar esta etapa a alugar uma montra numa das melhores e mais caóticas avenidas do mundo para ir às compras com a finalidade de conquistar novas oportunidades de negócio.

funil-de-marketing-digital-awareness.jpg

No fundo, a ideia é tentar despertar a atenção de quem passa, ou seja, trabalhar o reconhecimento da marca na Internet.

#2 Consideração

Se em relação à primeira etapa do funil de vendas a ideia é reforçar o valor da marca na Internet, o objetivo nesta fase do funil de marketing digital passa por ir ao encontro dos visitantes online que já sabem o que querem.

Ou por outras palavras, nesta etapa do funil de vendas queremos ser vistos como uma solução a considerar, por todos aqueles que estão a dirigir-se à avenida com o propósito de comprar um produto semelhante ao que temos exposto na montra.

funil-de-marketing-digital-consideracao.jpg

Portanto, a ideia é levar todos os potenciais clientes, que estão a navegar na Internet, a entrar no site com o objetivo destes ficarem a saber mais sobre a nossa empresa.

#3 Conversão

Quando entramos nesta etapa do funil de vendas online, o objetivo é a venda de produtos online, através de e-commerce caso tenhamos uma loja virtual, ou a geração de leads convencionais como por exemplo, a aquisição de um endereço de email pessoal para fazer email marketing.

Continuando a analogia, pensemos nesta fase do mapa da jornada do cliente como aquele momento em que depois de entrar na loja, o visitante percorre os corredores em busca do produto certo para comprar.

funil-de-marketing-digital-conversao.jpg

Portanto, não se esqueça: uma vez no interior do site, o visitante online tem que ser incentivado a converter.

#4 Fidelização

A última etapa do funil de vendas é a construção de um relacionamento com o cliente.

E como tal, a iniciativa pode partir de ambos os lados: empresa e cliente.

Logo, tanto pode ser o equivalente à empresa enviar email marketing, com promoções exclusivas, a uma mailing list de clientes, como um telefonema de um cliente a reservar um determinado produto.

funil-de-marketing-digital-comunicacao-com-o-cliente.jpg

Esta fase é de tal forma importante que a Forbes escreveu um texto sobre a importância de criar uma comunicação com o cliente na Internet.

Mas para cumprir os objetivos de cada uma das etapas do funil de vendas online, precisamos de armas.

Ou por outras palavras, estratégias de marketing digital que nos ajudem a ganhar visibilidade na Internet, atrair clientes online ou, simplesmente, criar um canal de comunicação com o cliente.

Os melhores canais digitais para cada uma das etapas do funil de marketing digital

Uma vez que já sabemos o que é um funil de vendas, importa agora perceber quais são os canais digitais que melhor otimizam cada uma das etapas do processo de vendas.

Campanhas de display advertising

Quer seja na rede de display do Google ou em publishers nacionais, a publicidade display pode ser uma maneira fácil de trabalhar as fases de awareness, consideração e conversão do funil de marketing digital.

display-ads-no-funil-de-marketing-digital.jpg

Por exemplo, podemos utilizar display ads em formatos de rich media, como aparece no site do olx, para chamar a atenção da marca e ganhar visibilidade na Internet rapidamente.

display-ads-funil-de-marketing-digital-awareness.jpg

Ou então, se o objetivo é conquistar novas oportunidades de negócio na Internet e aumentar as vendas online da empresa podemos usar formatos standard, que muitas vezes aparecem no lado direito de sites como o portal do Sapo ou o Correio da Manhã.

display-ads-funil-de-marketing-digital-conversao.jpg

Marketing de Influência

Nos dias que correm, o marketing de influência pode ser uma excelente arma para reforçar o valor da marca na Internet.

marketing-de-influencia-no-funil-de-marketing-digital.jpg

Na verdade, se tirarmos partido dos blogs e redes sociais de influenciadores, temos meio caminho andado para trabalhar o reconhecimento de uma empresa na Internet rapidamente.

Por exemplo, repare como a Porto Editora fez passar a mensagem através do blog da “Pipoca mais doce” para chegar a uma determinada audiência de internautas.

marketing-de-influencia-funil-de-marketing-digital.jpg

Marketing de Conteúdos

Se considerarmos que, em todo o mundo são feitas mais de 30 biliões de pesquisas no Google por mês, já começa a perceber que a produção de conteúdos pode ser uma boa solução para trabalhar quase todas as etapas do funil de marketing.

marketing-de-conteudo-no-funil-de-marketing-digital.jpg

De acordo com o Vitor Peçanha, especialista em marketing digital e co-fundador da Rock Content, o processo de conversão do consumidor começa muito antes deste pensar em comprar um produto ou subscrever um serviço.

“Idealmente, um bom Marketing de Conteúdos deve tirar partido do funil de marketing digital para produzir conteúdos digitais que abordem todas as necessidades dos consumidores em cada uma das etapas do mapa da jornada do cliente.” Vítor Peçanha – especialista em marketing digital

Mas como é que isto se faz?

Aposte na produção de conteúdos que respondam às dúvidas, questões e problemas que os internautas pesquisam no Google.

usar-funil-de-marketing-digital-no-marketing-de-conteudo.jpg

A produção de conteúdos vai contribuir não só para uma boa otimização SEO do site, mas também para um bom investimento em adwords.

Search Engine Marketing (SEM)

A produção de conteúdos digitais é a base do Search Engine Marketing (SEM).

Afinal de contas, sem conteúdos na Internet o ranking do Google não existiria e consequentemente, não haveria a necessidade para as empresas de aparecer na primeira página do Google.

Mas como o mundo digital não é assim, isto significa que, hoje em dia o content marketing pode ter um impacto direto na otimização SEO do site e na capacidade de anunciar no Google, através de links patrocinados.

Logo, o SEM também se foca nas três primeiras etapas do funil de marketing digital.

search-engine-marketing-no-funil-de-marketing-digital.jpg

Sendo que, neste caso é a escolha das keywords que vai definir qual a fase da jornada do consumidor que nos interessa trabalhar.

Pegando no exemplo de uma keyword brand.

Se alguém pesquisar no google por “Booking”, vai reparar que a empresa de e-commerce Booking.com para além de ter links patrocinados ativos, também aparece no topo da primeira página do Google para a keyword em questão.

otimizacao-seo-no-funil-de-marketing-digital.jpg

Video Marketing

Segundo uma notícia da BBC, em 2019, o peso do vídeo no tráfego total da Internet vai ser de, pelo menos, 80%.

Portanto, porque não apostar na divulgação de vídeos no Youtube e em vídeos em direto nas redes sociais para reforçar a notoriedade da marca na Internet e quiçá, gerar mais tráfego para o site e atrair clientes?

video-marketing-no-funil-de-marketing-digital.jpg

De acordo com Ricardo Constantino, um dos responsáveis da empresa de webvídeo Shortfuse, estamos numa era de ouro não só para o vídeo online, mas também para a democratização e expansão digital.

“Hoje em dia, qualquer empresa, grande ou pequena, pode e deve investir na produção e divulgação de conteúdos em vídeo. Sejam vídeos institucionais, promocionais, de eventos ou até vídeos em direto, nas várias plataformas e redes sociais disponíveis, como Facebook, YouTube, LinkedIn, etc.

Pegando no exemplo da Driveline, um cliente de um segmento de mercado mais industrial e com baixa penetração online e nas redes sociais, a produção de um vídeo institucional permitiu à empresa ganhar um concurso para representar uma marca em Portugal.

No fundo, o vídeo online foi fundamental para chegar aos decisores e conquistar novas oportunidades de negócio.“ – Ricardo Constantino – Partner & Head of Content da Shortfuse

Portanto, para além de reforçar o reconhecimento da marca na Internet, o vídeo online também tem o poder de conversão quando chega às pessoas certas, online ou offline.

Marketing nas redes sociais

As redes sociais vieram para ficar.

São tantas as vantagens das redes sociais, que só um louco é que ignora o poder do Facebook, Instagram, Twitter ou Linkedin para divulgar serviços e anunciar a empresa na Internet.

No entanto, a meu ver, o principal potencial do marketing nas redes sociais é a possibilidade de criar um canal de comunicação privilegiado com o nosso público alvo.

social-media-no-funil-de-marketing-digital.jpg

A fidelização dos clientes é de tal forma importante para o site de roupas online Polyvore, que em 2012 a empresa sentiu a necessidade de ter na sua equipa um gestor de redes sociais para estar atento às necessidades da comunidade Polyvore.

Fazer Email Marketing

Outra das formas de trabalhar a última etapa do funil de marketing digital é o email marketing.

email-marketing-no-funil-de-marketing-digital.jpg

Para além do email ser um canal digital promocional por excelência, é cada vez mais frequente ver empresas a utilizar este meio para fidelizar clientes.

Afinal de contas, o custo de manter um antigo cliente é cerca de 5 vezes inferior ao custo de conquistar um novo cliente.

Apesar de não estar a sugerir que pare de divulgar promoções exclusivas para clientes ou newsletters da empresa, porque não seguir o exemplo da empresa de roupa North Face e começar também a usar o email para avaliar a satisfação de produtos?

usar-email-a-fidelizacao-do-funil-de-marketing-digital.jpg

No fundo, pode aproveitar a mailing list de clientes para melhorar a estratégia de marketing digital da empresa.

Resumindo o conteúdo deste artigo numa imagem, aqui vai o infográfico do funil de marketing digital:

infografico-funil-de-marketing-digital.jpg

Conclusão

Apesar destas serem as principais etapas do funil de conversão, tenha em conta que os visitantes online não têm necessariamente que percorrer todo o funil de vendas para converter.

“Leads are coming into the funnel at different stages. Sometimes this happens because they are referred and already know they want to buy a brand’s product, so they jump in at the intent stage.” Rebecca Lee White – especialista de marketing digital

No entanto, caso queira gerar tráfego para o site, reforçar o reconhecimento da empresa na Internet, conquistar novas oportunidades de negócios ou aumentar a venda de produtos online, tenha em consideração uma coisa:

O funil de marketing deve ser usado como uma referência para criar um plano de marketing digital.

Por falar nisso, quer ajuda a criar um funil de marketing digital?

Assinado: Nelson Dias

Aprende a Criar Uma Estratégia de Marketing Digital Para Atrair Clientes
Aplica técnicas e dicas comprovadas para o teu negócio crescer online!
Foco em atividades relacionadas com a restauração e hotelaria, venda de artigos e roupa online, ou blogs para ganhar dinheiro na Internet.

Facebook Comments