Diminuir tempo de carregamento do site para gerar mais lucro

Lembre-se: O tempo de carregamento do site consegue tirar qualquer um do sério…

Queres aprender a gerar tráfego para o site presencialmente?
Workshop prático com o objetivo de aumentar as visitas no site, divulgar a empresa no google e conquistar novas oportunidades de negócio na Internet. Sabe mais grátis!
Workshops de Marketing Digital sobre SEO, Adwords, Marketing de Conteúdo, Social Media, Video Marketing, Growth Hacking!

Portanto, se quer ter negócios lucrativos e aumentar as suas vendas online, não pode continuar a anunciar no Google sem que primeiro lhe recorde o feito histórico do Michael Phelps nos Jogos Olímpicos de Pequim 2008.

 

Mas, qual a relação entre o Michael Phelps e o marketing digital?

 

Quer queira, quer não, a “moral” por trás do triunfo épico na final dos 100 metros mariposa pode ajudar a explicar o porquê dos seus concorrentes diretos estarem a ter mais visitas no site e consequentemente, mais lucro que a sua empresa.

cada-segundo-importa-para-o-tempo-de-carregamento-do-site

 

Embora a vitória do nadador americano tenha sido conquistada por apenas um centésimo de segundo, no seu caso pode estar a perder bons negócios por três segundos.

 

E digo isto porque, de acordo com o Google, 53% dos visitantes online que chegam até si a partir do mobile vai abandonar o site se o tempo de carregamento da página for superior a três segundos.

 

Para além disso, se considerarmos que 3 em 4 visitantes online não pensa em voltar a um site se este demorar mais de quatro segundos a carregar, já começa a perceber que um site lento é tudo o que não deve ter para conquistar novas oportunidades de negócio na internet.

 

O tempo de carregamento do site é um fator de relevância de para o ranking do Google

 

E é por isso que o tempo de carregamento do site é um fator importante para subir no ranking do Google.

 

Para além disso, e porque cada vez mais utilizamos os dispositivos móveis para pesquisar sobre o que nos interessa, o Google está a começar a privilegiar a indexação mobile para apresentar as páginas nos resultados de pesquisa:

 

“To make our results more useful, we’ve begun experiments to make our index mobile-first. Although our search index will continue to be a single index of websites and apps, our algorithms will eventually primarily use the mobile version of a site’s content to rank pages from that site, to understand structured data, and to show snippets from those pages in our results.”

 

Mas como sabemos se temos um site lento?

 

Apesar de não ser considerado uma técnica SEO, o Google PageSpeed Insights é uma forma fácil de avaliar o tempo de carregamento do seu site aos olhos dos motores de busca.

 

utilizar-o-google-pagespeed-insights

 

De certa forma, o Google PageSpeed Insights é uma das muitas ferramentas para webmasters que qualquer pessoa, que não seja um analista SEO ou um web designer, pode usar para facilmente analisar o site da concorrência.

 

Por exemplo, a partir desta ferramenta de desempenho, podemos avaliar a estratégia de crescimento das duas principais empresas de venda de pizzas em Portugal: Telepizza e Pizza Hut.  

 

 

avaliacao-do-desempenho-mobile-do-site

 

Como a versão mobile do site é cada vez mais relevante para o Google, o foco de análise deve ser o desempenho do site para dispositivos móveis.
desempenho-mobile-do-site-no-pagespeed-insights

 

Ignorando as possíveis dicas de como otimizar um site, numa primeira análise, a avaliação do Google a ambos os sites diz-nos que o desempenho do site da Telepizza (52) é superior ao da Pizza Hut (34).

 

Mas será que o desempenho do site influencia o tempo de carregamento do site?

 

Uma forma fácil de fundamentar as medições obtidas, é utilizando o Pingdom Website Speed Test – ferramenta online gratuita que nos dá uma ideia de quanto tempo o site demora para carregar.

tempo-de-carregamento-do-site-no-pingdom

 

Aparentemente, um segundo e meio até é um tempo de carregamento rápido para um site. Certo?

 

Um segundo e meio é também  um tempo de carregamento do site que todos nós estaríamos dispostos a esperar para fazer um pedido online na Pizza Hut. Certo?

 

A resposta é Nim, ou seja, a análise do tempo de carregamento do site nunca pode ser feita de forma independente.

 

Isto é, o site da Pizza Hut ao ser comparado com o do seu concorrente direto… existe uma diferença de praticamente 1 segundo.

 

 

avaliacao-site-no-pingdom

 

Um segundo parece pouco, mas pode ser a vantagem competitiva para que a sua empresa consiga aumentar a venda de produtos online e ganhar dinheiro na Internet.

 

Não acredita?

 

Vamos a provas concretas.

 

Qual o impacto do tempo de carregamento do site no volume de negócio das empresas?

 

Há um tempo atrás, a Google perguntou aos utilizadores quantos resultados de pesquisa estes queriam que aparecesse na primeira página do Google.

 

 

Entre dez, vinte ou trinta resultados por página, a preferência dos utilizadores recaiu na última opção.

 

A alteração foi executada com sucesso e até aqui tudo parecia estar a correr bem.

 

O problema é que no final das seis semanas de teste, algo de curioso aconteceu: o número de pesquisas no Google tinha caído em cerca de 20%.

 

Algo intrigados pela situação, os engenheiros da Google começaram a procurar explicações para o sucedido e a resposta não tardou: o tempo de carregamento da página influencia o tráfego online na página.

 

Enquanto antigamente uma página de resultados demorava 0.4 segundos a carregar, com a alteração o tempo de carregamento da primeira página do Google situou-se nos 0.9 segundos.

 

Portanto, por cada meio segundo a mais no tempo de carregamento do site, o número de visitantes online diminuía em 20%.

 

trafego-no-site-diminui-com-o-tempo-de-carregamento-do-site

 

Recentemente, realizaram-se mais estudos relativos ao impacto do tempo de carregamento do site no tráfego online e a conclusão aponta para uma diminuição de 7% na taxa de conversão por cada segundo a mais no tempo de carregamento do site.

 

Mas o que quer isto dizer na prática?

 

Exemplo das consequências do site lento no lucro online da empresa

 

Tendo em conta estas premissas, é possível fazer uma estimativa do tráfego online que a Pizza Hut pode ganhar se tiver o mesmo tempo de carregamento do site que o seu concorrente direto0.671ms.

 

Para tal, o primeiro passo é identificar o número médio de visitantes online do site através dos dados extrapolados da ferramenta de análise SEO gratuita SimilarWeb.

 

Considerando valores mensais, o volume de tráfego no site da Pizza Hut ronda os 208 mil.

 

tempo-de-carregamento-influencia-o-trafego-no-site

 

Como vimos anteriormente, o volume de tráfego para o site diminui aproximadamente 20% a cada meio segundo de carregamento.

 

Isto significa que, caso a Pizza Hut consiga igualar o tempo de carregamento do site da Telepizza o resultado será um aumento de 35% no número de visitantes online por mês.
site-rapido-resulta-num-aumento-dos-visitantes-online-do-site

 

Para além disso, se considerarmos uma taxa de conversão online média de 2% e que existe uma diminuição de 7% na taxa de conversão de vendas por cada segundo a mais de carregamento da página, o resultado é um:

 

O novo número de visitantes online (aproximadamente, 281 mil) vai conduzir a mais de 1800 conversões face ao número atual.
diminuicao-do-tempo-de-carregamento-do-site-aumenta-taxa-de-conversao

 

Ora, se consideramos os seguintes pontos:

 

 

É possível concluir que 1 segundo a menos no tempo de carregamento do site pode resultar em cerca de 1.3 milhões de euros a mais nas vendas da Pizza Hut.
menor-tempo-de-carregamento-mais-lucro

 

Portanto, quer tenha uma marca nova ou uma empresa que já tem uma boa visibilidade na internet, é inegável que o tempo de carregamento do site será sempre uma das principais barreiras à realização de bons negócios e ao crescimento da empresa na Internet.

 

Agora que já temos uma noção concreta do impacto que o tempo de carregamento do site pode ter no volume de negócios de uma empresa, pode estar a perguntar-se:

 

Como aumentar o tráfego do site?

 

Como carregar as páginas mais rápido?

 

Por onde podemos começar a tornar o nosso site mais rápido?

 

Imagens pesadas são o principal responsável do elevado tempo de carregamento do site

 

Independentemente de termos, ou não, uma empresa, se analisarmos atentamente o site da nossa loja virtual ou blog, vamos verificar que cada página tem pelo menos uma imagem.

 

Mas qual o motivo porque usamos imagens no site?

 

Certamente já ouviu falar na expressão “uma imagem vale mais do que mil palavras”.

 

Na verdade, está mais do que comprovado que as imagens são a forma mais fácil de cativar os seus visitantes online.

 

Ao usar imagens, estamos a prolongar o tempo de visita dos utilizadores no site ou a influenciar a interação destes numa rede social.
imagens-nas-redes-sociais-promovem-a-participacao

 

Se o Buffer diz que os tweets com imagens recebem em média 18% mais cliques do que os tweets que são apenas texto, já o Buzzsumo afirma que ao adicionarmos um post do Facebook com uma imagem o número de interações é 2.3x superior aos posts sem imagens.

 

Até aqui tudo faz sentido, mas a realidade é que as pessoas esquecem-se dum pequeno detalhe:

 

Quantas mais imagens o nosso site tiver, maior a probabilidade de aumentarmos o tempo de carregamento do site e ficarmos com um site lento.

 

Mas como resolver este problema?

 

Identificar as imagens grandes do site com o Screaming Frog

 

Se por um lado temos a preocupação de utilizar, e muito bem, arquivos png ou imagens jpg no nosso site, por outro lado são poucas as pessoas que têm o cuidado de comprimir o tamanho das imagens antes de fazer upload para o site.

 

Para evitar prejudicar o nosso site com imagens grandes, vamos utilizar a ferramenta de desempenho Screaming Frog para identificar o tamanho das imagens do nosso site.

 

Ao introduzirmos o domínio do site, o Screaming Frog devolve-nos automaticamente o tamanho de todas as imagens que estão no site.
saber-o-tamanho-das-imagens-do-site-com-screaming-frog

 

Uma das grandes vantagens desta ferramenta de SEO é que nos permite exportar um ficheiro excel com os dados relativos às imagens do site.
identificar-imagens-pesadas-do-site

 

Agora que temos identificadas todas as imagens pesadas do site, o próximo passo é reduzir o tamanho das fotos, de forma a que o tempo de carregamento do site fique mais rápido.

 

Mas como reduzir o tamanho de uma imagem?

 

Como diminuir o tamanho de uma imagem?

 

Uma das mais populares ferramentas de otimização de imagens gratuitas que estão disponíveis na Internet é o TinyPNG.
comprimir-imagens-online-com-tynipng

 

Para além de nos permitir comprimir imagens online, a principal nota de destaque vai para o fato de conseguirmos diminuir o tamanho da foto até cerca de 70%.

 

No caso do exemplo acima, uma imagem jpg com cerca de 114 kb ficou reduzida a menos de 50kb.

 

Caso não tenha um site wordpress, o processo é o seguinte:

 

Arraste todas as imagens grandes que estão no ficheiro Excel para que o TinyPNG possa redimensionar online.

 

No final basta voltar a fazer upload das imagens otimizadas para o site.

 

Diminuir tamanho de imagens no WordPress

 

No entanto, caso tenha um site wordpress o processo de redimensionamento de imagens vai ficar facilitado uma vez que podemos instalar o plugin do TinyPNG e assim comprimir automaticamente imagens jpg e arquivos png.

 

De acordo com as especificações do plugin,em média o TinyPNG permite reduzir o tamanho das imagens jpg entre 40-60% e comprimir os arquivos png entre 50-80%, sem diminuir a qualidade da foto.

 

instalar-o-plugin-tiny-png

 

Após ativar o plugin do TinyPNG, vamos a “Settings > Media” para criar uma nova conta de utilizador e inserir a API Key que nos vai ser enviada para o email.
criar-conta-plugin-tinypng-no-wordpress

 

Posteriormente, clicamos em “Media > Bulk Optimization” na barra lateral para escolher as imagens grandes que queremos reduzir o tamanho.
comprimir-imagem-no-wordpress

 

Nota: Na versão free do plugin TinyPNG só conseguimos compactar até 100 imagens por mês, portanto este procedimento deve ser repetido regularmente.  

 

Assim, após correr o plugin TinyPNG, o tamanho total das imagens foi reduzido em cerca de 50% face ao tamanho original.
redimensionar-imagem-do-site

 

Apesar de só 33% das imagens terem sido comprimidas, ao voltar a avaliar o tempo de carregamento do meu site pessoal, os resultados são evidentes:

 

Aos olhos do Google é possível comprovar que a nota do site subiu em mais de 10 pontos… de 70 para 83.
aumentar-avaliacao-no-google-page-speed

 

Apesar das imagens pesadas terem um peso grande no tempo de carregamento do site, não se preocupe porque já conhece a solução.

 

Como verificou, o processo de comprimir imagens online é bastante fácil e não é preciso ser nenhum especialista em marketing digital ou webmaster para conseguir diminuir o tempo de carregamento do site.

 

Conclusão

 

É importante perceber que hoje em dia cada detalhe conta para ganharmos uma vantagem competitiva face aos nossos concorrentes diretos e indiretos.

 

É por isso que o Michael Phelps investiu muitas horas de treino a aperfeiçoar a técnica da sua chegada à parede, e é também por isso que você deve ter investir na otimização do site.

 

Afinal de contas, um site rápido pode ser a diferença entre ganhar a medalha de ouro ou prata na Internet.

 

A partir do caso de estudo, comprovou-se que ao diminuir o tempo de carregamento do site em 1 segundo pode resultar em cerca de 30% de mais visitas no site.

 

Para além disso, verificou-se também que esta redução de 1 segundo no tempo de carregamento do site pode originar num aumento da taxa de conversão na ordem dos 6%.

 

Portanto, em resumo:

 

Independentemente das técnicas SEO a utilizar para gerar mais visitantes online, quanto maior for o tempo de carregamento do site pior vai ser a taxa de rejeição e consequentemente, a taxa de conversão de vendas.

 

Não se acomode, está na altura de vender mais e melhor!

 

Comece hoje a diminuir o tempo de carregamento do site.

 

Nelson Dias

Aprende a Usar Content Marketing Para Atrair Clientes
Aplica técnicas e dicas comprovadas para o teu negócio crescer online!
Foco em atividades relacionadas com a restauração e hotelaria, venda de artigos e roupa online, ou blogs para ganhar dinheiro na Internet.

Facebook Comments